domingo, 29 de maio de 2011

Entendendo o relacionamento entre processos

Quarta semana de trabalho nesta nova fase e a coleta de informações referentes a pleitos continuam. Foram realizadas diversas entrevistas e mapeamentos de processos tudo a fim de encontrar pontos de relacionamento entre as diversas superintendências, diretorias e coordenadorias da SEDUR, traçando assim os caminhos percorridos por um pleito desde seus primórdios.

Mas porque não começar simplesmente a programação de pequenos módulos isolados referentes à cada pequena parte da SEDUR, para em seguida fazer uma grande junção desses módulos e "interligar" tudo?

Imagine aquela funcionalidade que um programador demorou muito tempo para implementar naquele módulo e no final ele descobre que seu colega, que estava fazendo outro módulo, teve que implementá-la também. Tudo pela falta de comunicação.

Mas para você que está lendo esse post e acredita que isso não interfere sua vida, imagine a seguinte situação em seu trabalho: você é um funcionário exemplar de suas atribuições, e como em toda empresa, você depende do trabalho de outros para executar o seu.

Certo dia você percebe que o processo como um todo está atrasando os prazos estipulados por seu chefe. A culpa não é sua, claro. Afinal você realiza exemplarmente as suas funções. Com certeza deve ser culpa daquele seu colega que executa a função depois de você ou daquele que a executa antes. Será? Mas afinal, o que eles fazem mesmo?

É ai que muitas vezes você percebe a necessidade de entender o processo como um todo. A ausência de comunicação na execução das atividades é um característica relacionada a sistemas não integrados e processos de negócios não consolidados (ou, até mesmo, indefinidos).

Agora imagine se você contemplasse o processo como um todo. Você saberia o que um pequeno ajuste em dada área poderia gerar uma maior produtividade em toda a sua empresa, você saberia as repetições desnecessárias de um processo que ocorrem várias e várias vezes na sua empresa.

Por isso a fase de mapeamento de processos é tão importante, ajudando a perceber gargalos e a concepção de todo o processo, a fim de sugerir alternativas para solucioná-lo e customizá-lo.

Para um entendimento maior sobre o assunto, veja esse link que comenta sobre o Lego Lean Game, uma forma de entender como o conhecimento dos vários processos ajuda a entender e melhorar um processo como um todo: http://www.agileandart.com/2010/07/21/lego-lean-game/

Nenhum comentário:

Postar um comentário